Clínica Higashi

Londrina | PR : 43 3323-8744
Rio de Janeiro | RJ : 21 3439-8999

Notícias

30/7/2015 Articulação sacroilíaca como causa de dor lombar.
Muitas pessoas acreditam que a hérnia de disco é a única causa de dor lombar, mas isto não é verdade. As articulações sacroilíacas suportam o peso do tronco e estão, portanto sujeitas ao desenvolvimento da dor por entorse e artrite.

Muitas pessoas acreditam que a hérnia de disco é a única causa de dor lombar, mas isto não é verdade. As articulações sacroilíacas suportam o peso do tronco e estão, portanto sujeitas ao desenvolvimento da dor por entorse e artrite. A medida que a articulação envelhece, o espaço intra-articular fica menor. Os ligamentos e a própria articulação  sacroilíaca recebem inervação provenientes de L4 e L5 a maior contribuição para a inervação da articulação. Essa inervação diferenciada pode ajudar a explicar a natureza mal definida da dor sacroilíaca. A articulação sacroilíaca possui movimentação muito limitada, e essa movimentação é induzida por alterações das forças colocadas sobre a articulação por alterações na postura e peso colocado sobre a articulação. Freqüentemente a dor da articulação sacroilíaca é confundida com dor de hérnia de disco ou dor da articulação coxo femoral.

Articulacao sacroiliaca.jpg

As superfícies da articulação permanecem planas até os vinte anos de idade, mas com o tempo há um aumento no número e no tamanho das elevações e depressões das superfícies articulares, o que acentua o atrito e a estabilidade da articulação. As estruturas ligamentosas, que são as mais fortes do corpo, se localizam anteriormente e posteriormente, contribuindo para a estabilidade da articulação.

A disfunção na articulação sacroilíaca pode ser por trauma, gravidez, e movimentos repetitivos, caracterizando ainda que a gravidez e a menstruação, produz maior mobilidade a esta articulação devido a fatores hormonais.

Inflamação em articulação sacroilíaca.jpg

Os sintomas apresentados pelos pacientes com disfunção sacro-ilíaca incluem:
. Dor sobre a articulação sacro-ilíaca e/ou nádega, com irradiação ocasional para o quadril e virilha;
. Dor ao ficar muito tempo sentado como em um automóvel ou durante uma viagem de avião longa.
.  Aumento da dor com posturas prolongadas; Os sintomas da dor na articulação sacroilíaca podem ser agravados pela inclinação, sentar, levantar, movimentos rápidos, de força, virar-se na cama dificuldade de se levantar da posição sentada acompanhada de dor;
. Dificuldade de subir escadas; O alívio pode ser conseguido com repouso, ficando de pé ou ao andar.
Ao realizar avaliação objetiva das articulações sacro-ilíacas, procura-se sinais de assimetria à alteração da amplitude de movimento, diagnosticadas por meio de palpação óssea e testes clínicos específicos.
A dor sacroilíaca pode ser bilateral, mas quando é unilateral, com maior freqüência afeta o lado direito. As patologias tais como discopatia, síndrome da faceta lombar, doença do quadril e síndrome miofacial, podem atribuir a dor a uma área da articulação sacro-ilíaca, estando sujeitas a um diagnóstico diferencial. Na presença de um quadro clínico de disfunção do sacroilíaco, uma discrepância verdadeira do membro reforça este diagnóstico.

Diagnosticar a disfunção da articulação sacroilíaca pode ser difícil porque os sintomas e achados físicos desta condição também são vistos em outros bem conhecidos como causas de dor lombar (incluindo hérnia de disco). É preciso uma análise cuidadosa de sua história clínica e uma boa realização de um exame físico completo. Raio-x, tomografia computadorizada e ressonância magnéticanão costumam ser útil para estabelecer a articulação sacroilíaca como fonte de dor lombar, que não descarta a dor nas costas que pode ser causada por uma hérnia de disco, nervo comprimido, inflamação ou infecção, porém o mais importante é o exame clínico realizado por médico com treinamento no diagnóstico da dor sacroilíca.

Estima-se que cerca de 5-10% das dores lombares crônicas sejam provenientes da articulação sacroilíaca. Os sinais clínicos e os exames de imagem não são capazes de diagnosticar a dor de origem sacro-ilíaca, sendo, portanto, muitas vezes a injeção intra-articular com anestésico local o único método diagnóstico confiável.

 

Testes para diagnóstico da dor sacroilíaca:

Teste de Patrick sublinha o quadril e as articulações sacroilíacas. Um teste positivo produz dor nas costas, nádegas, ou na virilha.

Patrick.jpg

Teste de Gaensles é realizado com o paciente deitado (de costas). A articulação do quadril é flexionada ao máximo de um lado e a do lado do quadril oposto é estendida. Esta manobra destaca ambas as articulações sacroilíacas simultaneamente.

teste Gaenslen diagnostico da dor sacroiliaca.jpg

Teste de Yeomans enfatiza a articulação sacro-ilíaca, estendendo a perna e girar o ílio. Um teste positivo produz dor na parte de trás da articulação sacro-ilíaca.

teste yeoman diagnostico da dor sacroiliaca.jpg

Para seu tratamento, dependendo do grau de inflação, recomendam-se injeções especiais intra-articulares com medicamentos especiais. Para constatar uma disfunção sacroilíaca os testes provocativos e de mobilidade são eficazes, Os testes incluem: distensão sacroilíaca, compressão, pressão sobre o sacro,dor decorrente da rotação externa resistida do quadril e pressão aplicada diretamente sobre a sínfise púbica.

 

Técnica Especial de Injeção para Bloqueio de Dor da Articulação Sacroilíaca

tecnica especial de bloqueio da articulacao sacroiliaca.jpg

O procedimento de técnica especial de injeção ou bloqueio da região sacroilíaca é uma técnica muito segura, realizado por médico com treinamento em clínica e tratamento da dor, em um ambiente médico especifico para o procedimento da dor., a qual através de uma agulha especial consegue-se direcionar  medicação diretamente no local da articulação que esta inflamada. O bloqueio da região sacroilíaca é um procedimento de rápida recuperação,  a qual pode ser realizado ambulatorialmente. Muitas das patologias da coluna que, originalmente vinham sendo tratadas com cirurgias, podem ser controladas por técnicas especiais de bloqueio da dor, sendo esta uma técnica eficaz quando bem indicada e realizada dentro de critérios estabelecidos.

Como prevenir a dor sacroilíaca? Tenha certeza que você tem se aquecido efeito exercícios apropriados de alongamento antes de participar de esportes ou outras atividades. Tente não torcer quando você está levantando objetos pesados. Evite ficar muito tempo de cócoras e também evite sentar em superfícies duras por longos períodos de tempo. A melhor maneira de previnir dor crônica é manter seu organismo o mais saudável possível.

Veja abaixo, alguns exercícios de reabilitação da dor sacroilíaca.

Exercicios de reabilitacao a dor sacroiliaca.jpg

 

Maiores informações, entre em contato conosco!
Londrina-PR: (43) 3323-8744
Rio de Janeiro-RJ: (21) 3439-8999
http://www.estimulacaoneurologica.com.br

 


Newsletter
Cadastrar