Clínica Higashi

Londrina | PR : 43 3323-8744
Rio de Janeiro | RJ : 21 3439-8999

Notícias

30/7/2015 Hormônio Testosterona no Envelhecimento Masculino e Feminino
A Testosterona é um hormônio esteróide produzido, tanto nos homens quanto nas mulheres.

A Testosterona é um hormônio esteróide produzido, tanto nos homens quanto nas mulheres.

Nos homens a testosterona é produzido pelos testículos após estímulo do LH, um hormônio é liberado por um glândula situada na base do cérebro, chamada de hipófise.

Nos indivíduos do sexo feminino, a testosterona é produzido pelos ovários, e, em pequena quantidade, em ambos os sexos também pelas glândulas supra-renais. A ação da testosterona é importante tanto nos homens quanto nas mulheres, apesar da mulher produzir 30 a 20 x menos quantidade em relação ao homem.

Esteroidogênese é o nome da via bioiquímica da formação do hormonal testosterona

tetosterona 1.jpg

A deficiência de testosterona pode ter conseqüências sérias tanto físicas como mentais, prejudicando a saúde do indivíduo. Os sinais e sintomas variam dependendo da etapa da vida na qual a deficiência de testosterona ocorre.

A deficiência de testosterona em homens causam dificuldade de ereção, perda da libido, ondas de calor, nausea, palpitações, cansaço (fadiga), diminuição da flexibilidade, diminuição da massa óssea e perda muscular, fragilidade, distúrbio do sono, depressão, irritabilidade, ansiedade, dificuldade de concentração, memória ruim, perda do interesse e diminuição do contato social.

A deficiência da testosterona em mulheres causa principalmente diminuição da libido, diminuição do metabolismo de quebra de gorduras acumuladas, perda da massa muscular e diminuição da produção de feromônios que é liberado através da pele da mulher pelo estímulo da testosterona.

A suplementação com testosterona se faz necessária para reverter os sinais e sintomas que ocorrem com a sua deficiência, principalmente com o aumento da idade aonde a falta da testosterona entre outros hormônios e vitaminas afetam a qualidade de vida do indivíduo.

A testosterona pode ser administrada por várias vias, mas para casos de deficiência severa a aplicação por via intramuscular, tem resultado mais rápido em relação as outras vias de administração, acelerando seus benefícios.

testosterona mol.jpg

A suplementação com testosterona, quando existe deficiência clinica, devolve a saúde e a vitalidade ao indivíduo, que inclui os seguintes benefícios: aumento da massa muscular e densidade óssea, elasticidade, energia, diminuição da gordura no corpo, melhora da função sexual, melhora da libido e sexualidade, performace sexual, qualidade nos orgasmos, saúde cardiovascular, melhora do humor, sensação de bem-estar, clareza de pensamento, acuidade mental, melhora da memória e melhora da visão.

testosterona atuao.jpg

Assista dois videos explicativos a sobre ação do hormônio testosterona na deficiência clínica e laboratorial no envelhecimento masculino e feminino:

Para saber mais informações sobre terapia hormonal fique a vontade em ligar para (21) 34398999 ( Rio de Janeiro) ou (43) 33238744 (Londrina) e conversar com nossa equipe.

 


Newsletter
Cadastrar