Clínica Higashi

Londrina | PR : 43 3323-8744
Rio de Janeiro | RJ : 21 3439-8999

Notícias

30/7/2015 O impacto de uma noite mau dormida e a função do hormônio melatonina
A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal no cérebro apartir de outra substância, a serotonina. Ela é produzida mais à noite que durante o dia porque a luz inibe sua produção. Sua principal função é de regular o sono mais existem outras funções como: modulação imunológica, ação anti proliferativa tumoral, potente anti-oxidante e reduz o processo inflamatório. Com isso a melatonina é muito importante na prevenção de doenças cardiovasculares e neurodegenerativas.

A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal no cérebro apartir de outra substância, a serotonina. Ela é produzida mais à noite que durante o dia porque a luz inibe sua produção. Sua principal função é de regular o sono mais existem outras funções como: modulação imunológica, ação anti proliferativa tumoral, potente anti-oxidante e reduz o processo inflamatório. Com isso a melatonina é muito importante na prevenção de doenças cardiovasculares e neurodegenerativas.

sono profundo.jpg

A síntese do hormônio melatonina pode ser modulada por macro e micronutrientes, as proteínas destacando o triptofano principalmente como aminoácido , os carboidratos, vitaminas B6 (piridoxina), vitamina B 9 (ácido fólico), vitamina B 12 (cobalamina) e magnésio. Com isso algumas vitaminas e aminoácios quando bem indicados podem melhorar a nossa qualidade de sono.

sintese melatonina.jpg

Estudos tem relacionado uma noite de sono insuficiente com altas taxas de diabetes e outras situações piores.Turnos noturnos, stress, certas medicações podem atrapalhar o sono e a sua saúde.

No ano pasado, em Abril de 2009, a Universidade de Medicina de Laval demonstrou que dormir pouco ou insuficiente (menos que 7 horas), coloca você em risco de desenvolver diabetes tipo II ou intolerância a glicose, além de outras doenças como obesidade, doenças cardiovasculares. Dormindo menos de 7 horas, você estaria produzindo menos melatonina, com isso seu organismo fica mais exposto às agressões do meio externo e interno, ficando mais propenso a doenças inflamatórias e outras.

A privação do sono traz conseqüências alarmantes que você precisa saber como:

- Obesidade
- Lapsos de memória
- Tonturas e náuseas
- Dores musculares
- Dores de cabeça
- Aumento da pressão sangüínea
- Risco de diabetes
- Risco de fibromialgia
- Irritabilidade
- Boca seca
- Tremor nas mãos
- Alucinações


Em Maio de 2010, um estudo publicado no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, sugeriu que uma noite de sono insuficiente pode levar a resistência insulínica (a insulina fica incapaz de abaixar a glicose do sangue). Mesmo com uma alimentação saudável, existindo comprometimento do sono, algumas doenças podem se desenvolver como diabetes, anormalidades nos vasos sangüíneos e doenças cardiovasculares.

Dicas para dormir:

- Antes de dormir encontre uma posição para relaxar, desacelerar
- Na hora de dormir deixe o quarto escuro, bem tranqüilo
- Mantenha sempre os mesmos horários para acordar e dormir
- Não fazer uso de nicotina, cafeína e álcool perto da hora de dormir
- Fazer exercício regularmente mas não nas 3 horas que antecedem a hora de dormir
- Para fazer uso de soníferos consulte um médico

Nós do Centro Médico Athenas, localizado no Rio de Janeiro e Londrina, fazemos uma avaliação global da sua saúde aqual inclui avaliação da sua qualidade do sono. Em alguns casos em especial a suplementação com hormônio melatonina e vitaminas estimulantes de melatonina podem ser indicadas.

Mais informações ligar para 21-34398999 (Rio de Janeiro) ou 43-33238744 (Londrina). Acesse também o site www.ortomoleculardrhigashi.med.br .


Newsletter
Cadastrar